Artista Petrônio Farias é ganhador do Gustavo Leite 2014

Publicado em 02 Dez 14


Jacqueline Batista - jornalista

 

O Museu Théo Brandão realizou a entrega do Prêmio Gustavo Leite ao melhor artesão do ano de 2014. O ganhador foi Petrônio Farias, morador da zona rural de Pão de Açúcar. O evento, que esteve em sua 11ª edição, acontece anualmente no MTB, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Secult).  

 

Após a entrega do prêmio no dia 12 de setembro, foi aberta a exposição com peças do artista ganhador. Na ocasião, foi exibido o filme “Petrônio, o primeiro abraço”, do fotógrafo e cineasta Celso Brandão. A exposição ficou em cartaz até o dia 1° de novembro de 2014.

 

Petrônio confecciona objetos artesanais utilitários, como cadeiras, mesas e bancos, além de esculturas criadas a partir de troncos retorcidos, encontrados no leito do Rio São Francisco e seus afluentes. A arte de Petrônio aproveita as formas dadas pela natureza.  

 

A maior parte das peças de Petrônio é vendida para clientes do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Pernambuco e Piauí. A notícia da premiação foi recebida com muita alegria. “É mais reconhecimento para o meu trabalho. Quando estamos na mídia, melhora tudo”, comemorou.

 

A premiação presta uma homenagem ao produtor cultural, iluminador e cenógrafo alagoano Gustavo Leite, que atuou junto aos artistas do interior do Estado, na divulgação e comercialização de suas obras.

 

De acordo com a diretora do MTB, Fernanda Rechenberg, "o prêmio é um importante reconhecimento e incentivo ao trabalho de artistas alagoanos, em especial àqueles com menor possibilidade de acesso ao mercado, e vem, ao longo dos últimos 11 anos, premiando e divulgando a obra de artistas muito originais”, ressaltou.





Esse artigo foi lido 144 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Museu Théo Brandão inaugura exposição na Biblioteca Central



Museu Théo Brandão apresenta exposição de Achiles Escobar



Théo Brandão Itinerante encerra com apresentação de boi de carnaval