Mostra de talentos será apresentada no Museu Théo Brandão

Publicado em 07 Jul 17


Evento terá apresentações no final de semana

 

Jacqueline Batista – jornalista 

 

No próximo sábado, dia 15, a 1ª Mostra poéticas e talentos coreográficos segue com apresentações artísticas, a partir das 14h, no Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB). Estilos e técnicas ecléticas serão mostrados em performances de dança, teatro e declamação de poemas. 

 

A performance Centelhas, apresentada por Carleane Correia e Jailton de Oliveira Kronos, é uma junção de teatro, poesia e dança tribal. Já a coreografia Poder da rua mostrará o estilo street dance e terá um mix de músicas que fizeram sucesso entre os anos 2000 e 2013. A dança urbana será apresentada por treze integrantes, entre eles, Geferson Ramos, Giovanna Mascarenhas e Mirelle de Sá.

Canaviais, performance com Eves Silvestre, tem a proposta, segundo o artista, de expor as diversas formas de trabalho no corte de cana-de-açúcar, trazendo visibilidade sobre as figuras de linguagem que são exercidas na movimentação corporal do trabalhador.

 

Daylhane Cunha vai declamar Obrigada, poema que aborda, entre outros temas, a questão da culpa envolvida no embate entre agir de acordo com o padrão familiar ou seguir a verdade pessoal. As poesias Fui assalta! e  A Sereia serão declamadas por Tâmara Lúcia dos Santos.

 

Com a trilha sonora do músico baiano Russo Passapusso, Everlane de Moraes vai apresentar Beco e ilusões, ao som da música Sem sol. Já One Love será um show performático, com uma coreografia de dança de salão, na qual Tiago Rafael Costa e Lorennyz Beatriz Perez estarão usando vestimentas típicas da dança zouk.

 

Técnicas de hip-hop a ruídos do corpo no momento da ação, repetição e deslocamento fazem parte da coreografia Realidade Apropriada Libera Evidência, apresentada por Jessé Batista. Com duração de 40 minutos, o trabalho, que tem a colaboração dos artistas Marcos Mattos, Sara Lessa e Valéria Nunes, faz um questionamento sobre a desigualdade social.

De acordo com a diretora do MTB, Nadir Nóbrega, esse projeto “busca ser um espaço de divulgação e incentivo para que os alunos, docentes, servidores e a comunidade em geral apresentem as suas produções artísticas, independentes de ideologias socioculturais”.

 

As próximas apresentações estão programadas para oacontecer no dia 19 de agosto. O evento é aberto ao público. Mais informações: 3214-1713/1716 e 1710. 





Esse artigo foi lido 124 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Bloco “Filhinhos da Mamãe” homenageia Nise da Silveira



Museu Théo Brandão realiza oficina de toques de berimbau



Coordenação de Assuntos Culturais apresenta novo diretor do MTB