Théo Brandão Itinerante encerra com apresentação de boi de carnaval

Publicado em 05 Set 16


Momento alusivo ao folclore reuniu alunos e servidores da Ufal

 

klebson Candido – estudante de Relações Públicas

 

O Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB) e a Biblioteca Central (BC) realizaram, entre os dias 15 e 31 de agosto, a exposição Théo Brandão Itinerante: produção de saberes. A mostra levou ao hall da Biblioteca peças do acervo que compõem a narrativa museológica das salas de exposição de longa duração do MTB.

 

A exposição foi idealizada com o objetivo de promover a aproximação do equipamento cultural da Ufal com a comunidade acadêmica e estudantes de escolas localizadas nos entornos da Universidade.  

 

A professora Edileusa Duarte falou da importância da exposição para a aprendizagem dos seus alunos. “Nós temos os livros que falam do folclore de Alagoas e do Brasil, mas quando eles veem o boi de carnaval, os estandartes, os chapéus do Guerreiro e todas as outras peças que fazem parte do nosso folclore, eles entendem melhor do que o professor falando na sala de aula. Então, eles se apropriam mais daquilo e traz um aprendizado mais concreto”, destacou. 

 

Para Santúcia da Silva, artesã que expôs e comercializou suas peças durante a mostra, o momento serviu para estreitar a relação dos artesãos com a comunidade. “As pessoas têm a curiosidade de saber quem faz as peças, de onde vêm. É enriquecedor, pois agrega as nossas peças ao artesanato local”, explicou.

 

No encerramento da exposição, o público contou com a apresentação do boi de carnaval Águia do Vergel, que levou a irreverência desse icônico personagem do folclore e da cultura alagoanos.





Esse artigo foi lido 44 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Museu Théo Brandão apresenta exposição de Achiles Escobar



Indígena alagoano é destaque em exposição no MTB



Exposição "As 50 histórias que minha avó contava"