Filhinhos da Mamãe vai às ruas nesta sexta com atrações variadas para foliões

Publicado em 21 Jan 16


Este ano, tradicional bloco celebra Rei Momo Sanduarte e 60 anos da Associação Teatral das Alagoas com variada programação

 

Micaelle Morais

 

Considerado um dos mais tradicionais blocos de prévia carnavalesca de Maceió, o Filhinhos da Mamãe sai às ruas da capital alagoana com atrações variadas, dentre musicais e concurso de melhor fantasia, na noite da próxima sexta-feira, 29, para festejar a chegada do Carnaval 2016. A concentração da festa acontece no pátio do Museu Théo Brandão às 20h.

 

Este ano, o desfile homenageia os 60 anos da Associação Teatral das Alagoas (ATA) e o Rei Momo Sanduarte, figura popular do Carnaval alagoano na década de 60. Com esta temática, a festa foi intitulada O Rei Momo Sanduarte em fantasia de céu vem que vem todo faceiro coroado gracioso pras ruas de Jaraguá. E com o Filhinhos da Mamãe faz a festa, faz o frevo quebra o passo, faz teatro comemora e festeja 60 anos da ATA

 

“Todos os anos, o bloco homenageia personalidades da cultura alagoana e foliões de carnaval. Este ano estamos homenageando Sanduarte, que foi um artista baiano que se integrou à comunidade maceioense na década de 60 e teve grande destaque na nossa cultura”, explica um dos integrantes da comissão organizadora do bloco, Ronaldo de Andrade.

 

Seguindo a tradição do bloco de vestir a Mamãe de acordo com o tema do ano, os foliões poderão rever a boneca em um estilo mais teatral. Andrade explica que, por conta da contenção de despesas, a roupa será remontada com peças que já foram utilizadas anteriormente pela Mamãe.

 

Percurso e atrações musicais

 

O cortejo tem início à 0h, saindo do museu pela Avenida da Paz, seguindo pela Praça Marcílio Dias, Rua Sá e Albuquerque, Praça Dois Leões, Adro da Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, finalizando o percurso na Rua Sá e Albuquerque, na Casa do Patrimônio do Iphan-AL. No local, os estandartes do bloco ficarão em exposição até o dia 28 de fevereiro. 

 

Os foliões poderão se divertir ao som de Vânia Garcia, Leureny Barros, Os Seresteiros da Pitanguinha, Balé Folclórico de Alagoas (Grupo Transart), Batuque Yá e Orquestra Filarmônica Santa Cecília. Haverá ainda o tradicional concurso de fantasias que vai premiar o melhor figurino da noite com o Troféu Pedro Tarzan de Melhor Fantasia 2016.

 

A comissão organizadora do Filhinhos da Mamãe estima que, entre concentração e cortejo, a expectativa de público seja de 2,5 mil pessoas.  A participação no bloco é gratuita.

 

Novidade

 

Com o intuito de arrecadar R$ 5.250 para as despesas do bloco, a comissão organizadora está vendendo, a quem puder contribuir, 150 camisas produzidas pelo artista Agélio Novaes, no valor de R$ 50 cada. As peças poderão ser adquiridas no Museu Théo Brandão, em horário comercial. Mais informações pelo telefone (82) 99982-6587.

 

Outra forma de contribuir com o bloco é adquirindo peças da exposição Mimo de Momo: Filhinhos da Mamãe 2015, do artista Francisco Oiticica. São 32 imagens produzidas com uma câmera de celular e lente grande angular, que têm como proposta retratar a efervescência e emoção do carnaval a partir de fragmentos de instantes da última festa do bloco, ocorrida em 2015.

 

A mostra estará aberta para visitação de 25 de janeiro a 28 de fevereiro, na Casa do Patrimônio, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Alagoas (Iphan-AL), localizado no bairro de Jaraguá, em Maceió.





Esse artigo foi lido 105 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Coordenação de Assuntos Culturais apresenta novo diretor do MTB



Oficina sobre acervos fotográficos foi realizada no MTB



Museu Théo Brandão realiza programação especial na “Semana de Museus”