Filhinhos da Mamãe vai às ruas nesta sexta com atrações variadas para foliões

Publicado em 21 Jan 16


Este ano, tradicional bloco celebra Rei Momo Sanduarte e 60 anos da Associação Teatral das Alagoas com variada programação

 

Micaelle Morais

 

Considerado um dos mais tradicionais blocos de prévia carnavalesca de Maceió, o Filhinhos da Mamãe sai às ruas da capital alagoana com atrações variadas, dentre musicais e concurso de melhor fantasia, na noite da próxima sexta-feira, 29, para festejar a chegada do Carnaval 2016. A concentração da festa acontece no pátio do Museu Théo Brandão às 20h.

 

Este ano, o desfile homenageia os 60 anos da Associação Teatral das Alagoas (ATA) e o Rei Momo Sanduarte, figura popular do Carnaval alagoano na década de 60. Com esta temática, a festa foi intitulada O Rei Momo Sanduarte em fantasia de céu vem que vem todo faceiro coroado gracioso pras ruas de Jaraguá. E com o Filhinhos da Mamãe faz a festa, faz o frevo quebra o passo, faz teatro comemora e festeja 60 anos da ATA

 

“Todos os anos, o bloco homenageia personalidades da cultura alagoana e foliões de carnaval. Este ano estamos homenageando Sanduarte, que foi um artista baiano que se integrou à comunidade maceioense na década de 60 e teve grande destaque na nossa cultura”, explica um dos integrantes da comissão organizadora do bloco, Ronaldo de Andrade.

 

Seguindo a tradição do bloco de vestir a Mamãe de acordo com o tema do ano, os foliões poderão rever a boneca em um estilo mais teatral. Andrade explica que, por conta da contenção de despesas, a roupa será remontada com peças que já foram utilizadas anteriormente pela Mamãe.

 

Percurso e atrações musicais

 

O cortejo tem início à 0h, saindo do museu pela Avenida da Paz, seguindo pela Praça Marcílio Dias, Rua Sá e Albuquerque, Praça Dois Leões, Adro da Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, finalizando o percurso na Rua Sá e Albuquerque, na Casa do Patrimônio do Iphan-AL. No local, os estandartes do bloco ficarão em exposição até o dia 28 de fevereiro. 

 

Os foliões poderão se divertir ao som de Vânia Garcia, Leureny Barros, Os Seresteiros da Pitanguinha, Balé Folclórico de Alagoas (Grupo Transart), Batuque Yá e Orquestra Filarmônica Santa Cecília. Haverá ainda o tradicional concurso de fantasias que vai premiar o melhor figurino da noite com o Troféu Pedro Tarzan de Melhor Fantasia 2016.

 

A comissão organizadora do Filhinhos da Mamãe estima que, entre concentração e cortejo, a expectativa de público seja de 2,5 mil pessoas.  A participação no bloco é gratuita.

 

Novidade

 

Com o intuito de arrecadar R$ 5.250 para as despesas do bloco, a comissão organizadora está vendendo, a quem puder contribuir, 150 camisas produzidas pelo artista Agélio Novaes, no valor de R$ 50 cada. As peças poderão ser adquiridas no Museu Théo Brandão, em horário comercial. Mais informações pelo telefone (82) 99982-6587.

 

Outra forma de contribuir com o bloco é adquirindo peças da exposição Mimo de Momo: Filhinhos da Mamãe 2015, do artista Francisco Oiticica. São 32 imagens produzidas com uma câmera de celular e lente grande angular, que têm como proposta retratar a efervescência e emoção do carnaval a partir de fragmentos de instantes da última festa do bloco, ocorrida em 2015.

 

A mostra estará aberta para visitação de 25 de janeiro a 28 de fevereiro, na Casa do Patrimônio, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Alagoas (Iphan-AL), localizado no bairro de Jaraguá, em Maceió.





Esse artigo foi lido 29 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Museu Théo Brandão prepara programação especial para a “14ª Semana Nacional de Museus”



Fórum Mestre Zumba apresenta programação diversificada



Museu Théo Brandão realiza programação na "Primavera de museus"