Museu Théo Brandão recebe gestores da Proex

Publicado em 10 Mar 20


Jacqueline Batista - jornalista

 

Na manhã desta segunda (9), o Museu Théo Brandão (MTB) recebeu o pró-reitor de Extensão Clayton Santos e os coordenadores de área, os professores Sérgio Onofre e Cezar Nonato. Após visitarem as salas de exposição e de acervos, os gestores se reuniram com a equipe do MTB.

 

O diretor do Museu, Victor Sarmento, apresentou as atividades realizadas em 2019, ano em que houve um aumento de 43% na visitação. Ele também explicou as parcerias existentes e as necessidades atuais do MTB, como o aumento de servidores e bolsistas. “O Théo Brandão é um museu vivo e em tudo que fazemos, pensamos na comunicação com a sociedade”, disse Victor.

 

Servidores do MTB mostraram algumas das carências dos setores. Foram discutidas possíveis parcerias e cooperações para melhor realização de demandas especializadas. Apesar das dificuldades orçamentárias atuais, os gestores se mostraram otimistas. “Mesmo que a gente tenha problemas graves, temos capacidade técnica”, disse Sérgio Onofre.

 

O pró-reitor de Extensão salientou que a falta de recursos não pode ser motivo para intimidação. “As dificuldades não servem como desestímulo, mas como estímulo para realizarmos. Temos imensa disposição para o trabalho e vontade de fazer. Pensamos em estratégias para captar recursos. Iremos trabalhar em bloco de prioridade. Temos que definir o que é emergencial. Queremos deixar, ao final de quatro anos, um legado melhor para a universidade. Estamos confiantes que vamos avançar aqui também”, afirmou Clayton Santos.





Esse artigo foi lido 128 vezes!




Siga-nos no Facebook




Leia Também


Inscrições PRORROGADAS para apresentar pesquisas no Museu Théo Brandão



Inscrições abertas para oficina de Design Thinking no Museu Théo Brandão



MTB inscreve apresentações para Mostra Poéticas e Talentos Coreográficos